Com certeza você já fez uso de algum sistema de nuvem na internet para armazenar algum documento ou arquivo importante, não é mesmo?

Essas soluções em nuvem, aliás, entre outras funcionalidades, têm como principal função servir como uma  espécie de “arquivo”, só que totalmente online, não ocupando nenhum espaço físico.

Esse tipo de sistema apresenta a vantagem de não exigir qualquer tipo de gerenciamento ativo do usuário, pois basta adicionar o conteúdo a nuvem que ele estará salvo até que alguém o delete.

Com isso, diante da popularização desse modelo de armazenamento, foram surgindo diferentes modelos de nuvem, que atendem a características específicas.

Assim, saber escolher qual a melhor para ser usada na sua empresa é fundamental para não ter dores de cabeça futuramente.

Para te ajudar com isso, separamos neste artigo as principais soluções em nuvem que existem e também os seus mais usuais modelos de utilização. Boa leitura! 

A importância da solução em nuvem

Em tempos da pandemia do novo Coronavírus, grande parte das empresas partiu para o home office mesmo que temporariamente.

Com essa mudança de ambiente e necessidade de adaptação repentina, as soluções em nuvem apareceram como uma maneira de viabilizar o controle da situação.

Em tempos de home office, as soluções em nuvem são amplamente utilizadas, por conferirem maior flexibilidade às equipes de trabalho.

Pense na seguinte situação: você precisa gerir todas as demandas de todos os colaboradores durante o período de home office.Afinal, é preciso lidar com prazos e tarefas a serem cumpridas. Mas, se não houver planejamento prévio e um método de organização de tudo que diz respeito à empresa, isso se torna praticamente impossível.

Mais que isso, se as informações não forem centralizadas em um ambiente comum e de acesso facilitado aos funcionários, como você poderia manter a produtividade do seu time e cumprir prazos com eficácia?

É aqui que as soluções em nuvem surgem como facilitador; com elas, é possível manter controle do que é realizado diariamente, evitando que os objetivos do seu negócio sofram prejuízos. Além disso, conferem maior flexibilidade ao cotidiano do colaborador, que conta com um sistema mais seguro e com menos brechas para falhas.

Tipos de soluções em nuvem

Veja abaixo a relação com os principais tipos de soluções em nuvem que existem no mercado atualmente.


Vamos conhecê-las:

1 – Infrastructure as a Service (IaaS)

O primeiro tipo de nuvem, talvez a que tenha maior destaque no mercado hoje, é a IaaS, ou Infraestrutura como um Serviço, em tradução livre para o português.

O grande motivo para que ela tenha esse grande aceitação é que o modelo representa um sistema completo de infraestrutura, possibilitando que as empresas possam transferir a sua estrutura quase que como um todo para a nuvem.

Para ficar mais fácil de entender esse processo, compreenda que o IaaS proporciona a instalação de um ERP completo na nuvem. Ou seja, além dos arquivos poderem ser armazenados, todos os backups, recursos e a própria rede conseguem ser alocadas na nuvem, o que diminui os gastos de implementação e manutenção da empresa. 

Além disso, outro ponto interessante envolvendo a questão financeira da solução IaaS, é que ela, normalmente, é feita com um custo sob demanda, não tendo nenhum susto com gastos adicionais. Com isso, a empresa fornecedora da nuvem disponibiliza os equipamentos e mantém uma equipe de TI para fazer o gerenciamento de qualquer problema.

2 – Software as a Service (SaaS)

Um segundo modelo disponível de solução em nuvem é o chamado SaaS, Software as a Service ou em português, Software como um Serviço.

Esse modelo funciona baseado no oferecimento de um software em nuvem que é contratado de forma mensal recorrente, em vez de ter que ser necessário uma compra perpétua de uma licença.

Assim como a IaaS, o Saas também não necessita de qualquer tipo de instalação nos computadores locais da rede. Geralmente, a sua infraestrutura também fica baseada nos servidores da própria empresa fornecedora, que faz o gerenciamento de todo o sistema a distância mesmo.

As SaaS têm se desenvolvido em diversas frentes, sendo possível encontrar modelos de softwares que atendem as mais diferentes necessidades. Desde avançados sistemas de ERP, passando por programas de gestão de negócio até softwares para gerenciamento de campanhas de marketing podem ser encontrados nos moldes de um SaaS.

3 – Platform as a Service (PaaS)

Esse modelo de nuvem já é mais específico para as empresas que trabalham com o desenvolvimento de softwares.

O modelo de Plataforma como um Serviço( que vem do termo em inglês Platform as a Service), ou PaaS, fornece um ambiente virtual que integra o gerenciamentos dos diferentes projetos que possam estar sendo executados.

Isso auxilia no controle das tarefas, pois possibilita que todos os membros da cadeia produtiva possam trabalhar em único local, diminuindo significativamente a possibilidade acontecer erros maiores. Essa integração também aumenta a produtividade da equipe de criação, já que não será preciso ficar transitando em diferentes plataformas.  

Dependendo da necessidade da empresa, também pode ser agregado a essa plataforma softwares de desenvolvimento rápido, que pode ser utilizado na criação de programas mais leves, como os desenvolvidos para smartphones, por exemplo.

Quais são as vantagens do uso da nuvem para um usuário?

Somente pelo que já foi apresentado, já dá para perceber como a nuvem traz benefícios para nossas atividades, não é mesmo?


Separamos algumas dessas vantagens para explicarmos melhor a seguir.

Facilidade de acesso

Como já foi comentado, a nuvem permite acessar seus dados e ferramentas de maneira bem versátil. Com ela, você pode começar a editar um documento em um tablet e depois finalizá-lo em um notebook ou smartphone, por exemplo, além de trocar informações com seus colegas de trabalho de um modo prático e rápido.

Essa flexibilidade pode ser muito aproveitada por diversos profissionais, além de também contribuir para a vida pessoal, é claro.

As empresas que fazem uso de soluções na nuvem ainda podem adaptar essa tecnologia a suas necessidades e contar com servidores potentes, que otimizam a computação e o acesso.

Redução de custos

Existem formas gratuitas de Cloud Computing, o que é bem vantajoso — especialmente para a utilização pessoal.

Para questões de trabalho, por sua vez, mesmo quando é necessário usar um serviço pago, ainda há economia, pois se faz apenas esse investimento e não é preciso arcar com licenças de softwares para cada computador, por exemplo.

Com essa tecnologia, você paga apenas pelo que usa. Quando é preciso aumentar o espaço de computação em um determinado pacote, investe-se apenas nesse aumento, o que sai muito mais em conta do que investir em novos servidores locais para o seu negócio.

Segurança de dados

Caso você perca seu celular ou outro dispositivo, suas informações colocadas na nuvem não estarão perdidas, pois será possível acessá-las por meio de outras ferramentas. Essa é apenas uma das vantagens que essa tecnologia oferece em termos de segurança.

No que se trata da proteção de dados, os provedores do Cloud Computing utilizam padrões como o ISO e o SSL, entre outros, para os manter a salvo. Muitas empresas que oferecem soluções na nuvem utilizam excelentes ferramentas nesse sentido, tornando a opção mais segura do que os servidores locais.

Disponibilidade das informações

Ao utilizar a nuvem para seu armazenamento, seus dados e documentos poderão ser acessados de qualquer lugar com internet, ao invés de ficarem restritos a apenas um dispositivo.

Isto significa que eles estarão disponíveis para você em diversas situações, facilitando o seu trabalho.

Além disso, quando desejar que um arquivo esteja disponível no acesso offline, em algum dispositivo, é só fazer o download. Essa possibilidade existe na maioria das plataformas de Cloud Computing.

Facilidade nos backups e nas atualizações

Fazer backups de informações na nuvem também é bem rápido e prático. Não será necessário utilizar discos físicos para baixar, por exemplo, e os dados podem ser recuperados sem estarem conectados a um servidor local.

Além disso, outra vantagem das soluções na nuvem é sua eficiência para fazer atualizações e manutenções: elas ocorrem com muita frequência e costumam ser automáticas, ficando à cargo da empresa fornecedora.

Dessa maneira, a equipe de TI do seu negócio não precisa se preocupar em ficar fazendo revisões constantes.

Modelos de Cloud

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os tipos de soluções em nuvem que existem no mercado, chegou o momento de também saber quais os principais modelos de utilização desses sistemas. Veja abaixo:

1 – Cloud pública

Modelo mais comum de ser utilizada pelas as empresas, uma cloud pública, como o próprio nome já deixa subentendido, é um modelo de nuvem que é utilizado por mais de uma empresa ao mesmo tempo, sendo disponibilizada por um fornecedor em comum. Ao optar por esse modelo, a sua empresa vai pagar somente pelo espaço que foi usado na nuvem, ou seja, o conhecido pey per use.

Como os seus principais benefícios podem ser considerados a alta disponibilidade de clouds que existem além da possibilidade de escalar o seu negócio a partir dele. Também é preciso pontuar que existem diversos fornecedores confiáveis no mercado trabalhando a um preço justo. 

2- Cloud Privada

A cloud privada possui esse nome, pois ele atende um único negócio, sendo desenvolvida pensando exclusivamente nas demandas de determinada empresa. Oferecendo os mesmos recursos de um cloud pública, esse modelo de nuvem consegue ser personalizado para ter uma infraestrutura única que agregue a corporação.

Por ser utilizado apenas por uma empresa, a cloud privada é um modelo mais seguro e que apresenta uma maior integração dos seus dados. Assim, passa a existir um maior controle internos de todas as informações, servidores e recursos que ficam disponíveis na nuvem. 

3 – Cloud Híbrida

Como você já pode imaginar, uma cloud híbrida é aquela que consegue mesclar os dois modelos de clouds apresentados aqui, o público e a privada. Sendo assim, esse modelo tem como objetivo reunir o melhor que existe nessas duas versões de utilização de soluções em nuvem.

Ou seja, um maior potencial de escalabilidade, como na pública, e um melhor e mais eficiente armazenamento de dados críticos, presente na privada. Além disso, esse modelo consegue ser encontrado por um preço mais acessível dentro do mercado. 

Conclusão

Agora você já conhece as maiores vantagens das soluções em nuvem, tanto de modo geral quanto para uma empresa.

É importante ressaltarmos a importância de contar com soluções confiáveis e seguras.

Oferecemos recursos de resposta rápida, com segurança e qualidade para você.

Esperamos que tenha gostado do post.

Não se esqueça de compartilhá-lo em suas redes sociais para conversar com seus seguidores sobre os benefícios das soluções na nuvem!

Compartilhe nas redes sociais:

Vamos Fazer mais juntos?

Vamos Fazer mais juntos?